Neuromarketing

Neuromarketing é uma área do marketing que se une à ciência e que estuda o comportamento do consumidor, os seus desejos, impulsos e motivações através da análise das reações neurológicas a estímulos externos.

Para isso, recorre-se a tecnologias de Imagem por Ressonância Magnética funcional (RMf), por exemplo, com o intuito de medir a quantidade de sangue oxigenado no cérebro, podendo assim identificar com precisão as variações das suas atividades. Quanto mais uma determinada zona do cérebro estiver a trabalhar, maior o seu consumo de hemoglobina, ou seja, maior a presença de oxigénio e glicose nessa mesma região.

O termo “Neuromarketing” foi introduzido por Ale Smidts, professor de Marketing na Erasmus University em Roterdã, Holanda. Porém, foi Gerald Zaltman (de quem já falámos neste post), médico e investigador da universidade norte-americana Harvard, que teve a idéia de usar aparelhos de ressonância magnética para fins de Marketing, e não médicos.

Para quem estiver interessado em conhecer melhor esta ciência, sugiro a leitura do livro Buyology: Truth and Lies About Why We Buy, de Martin Lindstrom.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s