“A face é o grande atlas da emoção humana”

É com o propósito de estudar cientificamente a face humana que o Laboratório de Expressão Facial da Emoção da Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade fm1Fernando Pessoa lançou, a 2ª edição da Pós-Graduação em Expressão Facial da Emoção (PGEFE).

A PGEFE destina-se a todos os que se interessam por áreas como a saúde, a educação, a justiça e as organizações, pois a face está em todo o lado, é parte do corpo que mais se mostra durante a vida, explicou o Prof. Doutor Freitas-Magalhães, acrescentando que esta formação “é o resultado de décadas de investigação e pretende ir de encontro às necessidades da sociedade atual”, tendo a UFP já recebido inúmeros pedidos de inscrição, enfatizou o autor de “O Código de Ekman: o Cérebro, a Face e a Emoção”.

“Este curso funcionará à escala mundial, envolvendo as melhores universidades e os melhores investigadores na área, o que é, de facto, uma garantia de qualidade académica e científica”, caraterizou o Prof. Doutor Freitas-Magalhães, para quem “a formação integral de hoje passa pela difusão do conhecimento em rede internacional, porque só assim é possível formar com excelência quando esta é partilhada pelos melhores”.

As matérias a lecionar  passam pela Expressão Facial da Emoção: Estrutura Neuropsicofisiológica; O cérebro, a face e a emoção; A face e a cirurgia plástica: o botox e a emoção; A face e o poder psicossocial; A face, o cérebro e a consciência emocional; Síndromes faciais, emoção e empatia; A face ao microscópio: os vestígios emocionais; Psicopatia: o contributo da neurociência forense;  Microexpressões e as Macroexpressões; e as Implicações e Aplicações em Contextos Clínico, Forense, Educacional, Organizacional e Segurança.

Para o Prof.Doutor Freitas-Magalhães, esta Pós-Graduação é “uma formação imprescindível”para especialistas que farão parte da futura Agência Nacional de Avaliação da Expressão Facial da Emoção (ANAEFE), no âmbito da proposta apresentada pelo FEELab/UFP ao Ministério da Justiça que se encontra em fase de avaliação. A proposta aponta para que os interrogatórios e as inquirições policiais e judiciais sejam objeto de gravação em vídeo “para análise da expressão facial da emoção e utilização em sede de julgamento”, explicou o diretor do FEELab.

Recorde-se que o Prof. Doutor Freitas-Magalhães foi o único investigador de todas as universidades do mundo distinguido pela Enciclopédia Mundial do Comportamento Humano de Oxford pelo artigo científico “Facial Expression of Emotion” e recentemente editado pela Elsevier, a maior editora médica e científica do mundo.

O prazo de candidaturas termina na próxima sexta-feira, dia 27 de Setembro. Pode fazer a candidatura online aqui: http://candidaturas.ufp.pt.

A face é o grande atlas da emoção humana.

Prof. Doutor Freitas-Magalhães.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s