Previsões Social Media para 2012

O site “Social Media Examiner” reuniu recentemente 30 previsões de social media experts para o ano 2012.

Segundo vários especialistas, este será o ano em que muitas empresas irão começar a entender o social media marketing e a usá-lo estrategicamente. Isto é, ao invés de quererem estar em todo o lado e de consequentemente diluírem os seus esforços no vasto mundo do social media, as marcas devem procurar estar de forma eficaz onde se encontra o seu público-alvo, mesmo que isso implique não ser no Facebook ou no Twitter. Para além disso, devem perguntar-se como poderão ajudar os seus clientes a ter sucesso (e não o inverso). A verdadeira atitude de uma empresa aparece de forma inevitável no seu comportamento: nos tópicos de conversação, nos tweets e actualizações de status, nas ofertas de negócio, etc.

As marcas devem ainda estar aptas para uma reacção ágil e em tempo real. Longe vão os dias em que levavam 6 meses para desenvolver e lançar uma campanha ou 5 dias para responder a um cliente insatisfeito.

Novos apps irão ajudar os cibernautas a lidar com o excesso de informação, o que se poderá traduzir numa melhoria da leitura e da partilha de conteúdo. Este último continuará a ser “rei”, havendo uma maior exigência por conteúdos úteis, com qualidade constante. É caso para dizer que a qualidade estará acima da quantidade.

2012 verá ainda maior actividade social nos dispositivos móveis. Uma quantidade significativa da actividade on-line que os consumidores anteriormente realizavam através de um computador espera-se que seja feita por meio de um smartphone ou tablet.

As redes sociais de topo (Twitter e Facebook) competirão através da adição de mais recursos e a concorrência da parte da Google+ previsivelmente aumentará. No que concerne ao Facebook, o seu crescimento irá inspirar as empresas a criar experiências únicas de marketing, através de aplicações sofisticadas e interactivas. Por sua vez, o Youtube vai finalmente ser reconhecido como uma grande rede social tal como deseja e a sua audiência (não apenas os criadores de conteúdo) irá obter maior diversão e interacção com o site.