Página no Facebook ou uma página Web?

Ter um espaço na página do Facebook ou uma página Web (ou website) serve diferentes propósitos, pelo que perguntar qual tem mais impacto no webmarketing é uma pergunta de difícil resposta. Senão vejamos. Se uma empresa pretende usar a Web como plataforma comercial para efectuar compras e vendas dos seus produtos/serviços, então a página Web é indiscutivelmente essencial. Se por outro lado, a empresa detém uma quota de mercado confortável/competitiva, ter uma página no Facebook poderá ser encarado como um serviço pós-venda, uma forma de atribuir valor acrescentado à marca e de se destacar do resto da concorrência, por meio de relações de proximidade com o consumidor/cliente.

Na minha perspectiva, a página Web é nos dias de hoje imprescindível, já que serve para diferentes públicos (business to consumer, B2C, e business to business, B2B). Depois, é mais informativa do que uma página no Facebook e permite o controlo do que é publicado. Finalmente, nem toda as pessoas têm uma conta no Facebook, limitando desde logo a amplitude do seu público-alvo. Pode dizer-se que a página no Facebook poderá ajudar no aumento dos níveis de conhecimento da marca (awareness) através do passa-palavra. Contudo, esse primeiro contacto deve remeter depois para uma ferramenta de comunicação mais informativa, como uma página Web. Assim sendo, parece-me que as empresas ou organizações devem primeiro focar-se em conseguir uma página Web completa, simples e bem estruturada, e só depois lançarem-se nas ferramentas do social media, como o Facebook.

escolha

Anúncios